Saiba o que é liquidez

Blog_-_Art_01_-_Liquidez-grande

Liquidez é a facilidade ou rapidez com que você pode transformar um investimento em dinheiro na sua conta. Se você investe num fundo cujo resgate é pago em D+1 você receberá seu recurso no dia seguinte ao da solicitação do resgate. Se investe num fundo cujo resgate é D+30 você só receberá seu dinheiro 30 dias após a solicitação do resgate. Dizemos que o fundo D+1 tem muito mais liquidez que o fundo D+30.

Tá bom, mas… e daí?

O importante da liquidez é que ela influi na sua capacidade de usar o seu próprio dinheiro seja para comprar alguma coisa, seja para aproveitar uma oportunidade de investimento melhor. Se aparece uma liquidação e você quer comprar aquela roupa linda hoje e não tem o dinheiro porque o prazo de resgate do seu fundo é muito longo, você pode simplesmente perder a oportunidade. Ou como fazemos no Patrimoney: pode aparecer uma oportunidade de mercado amanhã para você realocar seus recursos para um fundo ou um ativo que tem grandes chances de render mais…. você pode simplesmente não conseguir executar a realocação porque seu dinheiro está preso num fundo com resgate D+30, ou seja, com baixa liquidez.

Mas como isso afeta nossas decisões de investimento?

Quando vamos escolher os investimentos para nossos clientes avaliamos profundamente a questão da liquidez! Evitamos fundos ou produtos financeiros com longos prazos de resgate exatamente pelo inconveniente de atrapalhar ou mesmo impedir uma realocação que poderia te trazer um resultado excelente! É o que chamamos de custo de oportunidade! Qual é o “custo”, ou o quanto você deixou de ganhar por estar investido num fundo com longo prazo de resgate.

Às vezes a liquidez se apresenta de uma outra forma. Por exemplo, num título privado, uma debênture. Você compra o título e seu corretor diz que você pode vender a qualquer momento no mercado, ou seja, ele te induz a acreditar que aquele título tem “alta liquidez”. Aí você investe, compra o papel. No dia que aparece aquela oportunidade de mercado, você tenta vender o título e o corretor te diz que não tem comprador…. simplesmente não tem…. ou até existe comprador, mas por um preço 3% abaixo do que estava no seu último extrato. Ou seja, por causa da baixa liquidez você vai perder 3% do seu rendimento (ou até do principal investido) para conseguir vender aquele título naquele dia.

Um detalhe importante para aqueles que ainda investem na poupança: Nesse tipo de investimento, você pode solicitar o resgate qualquer dia. Porém, se você resgatar antes do aniversário, você perde todo o rendimento daquele mês corrente… ou seja, a “alta liquidez” da poupança é uma característica meio enganosa, porque para fazer o resgate imediato você pode perder até um mês de rendimentos!

Portanto fica a dica:

Se você vai investir sozinho, procure fundos com prazo de resgate mais curto e evite comprar papéis que não têm “resgate”, ou seja, aqueles que você tem que vender no mercado se quiser ver seu dinheiro de volta. Esse investimento pode custar caro para você!

Leave a comment