Quem é quem no mercado financeiro?

Blog---Art-04---Quem-é-quem-no-mercado-financeiro_-grande

O mercado financeiro brasileiro passou por grandes mudanças nos últimos anos. Antigamente, existiam apenas os bancos, as “financeiras” e os clientes, basicamente. Hoje, além dos bancos, temos o Tesouro Direto, empresas como a XP, as chamadas plataformas de investimento e os gestores independentes.

Mas afinal: quem é quem nesse mercado? O que cada um deles faz?

Vamos explicar para você cada um dos tipos de participantes do mercado, com foco na área de investimentos.

Bancos Comerciais:

São os agentes mais conhecidos do mercado financeiro, como Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil, etc. Sua função é oferecer um grande leque de produtos financeiros para seus clientes, por isso eles recebem depósitos, fazem empréstimos para pessoas físicas e jurídicas, oferecem investimentos, cartões de crédito, seguros e previdência.

Como eles oferecem vários produtos, você é uma grande fonte de renda para os bancos, por isso eles não querem te “decepcionar” em nenhuma área. Por esta razão, os bancos não oferecem investimentos mais arrojados, nem fazem recomendações muito diferentes da maioria, pois eles não querem correr o risco de errar e perder as outras receitas que você pode trazer para o banco, como pagamento de contas, cartão de crédito, seguros, etc. Suas estruturas são muito grandes e complexas e, portanto, têm pouca agilidade na recomendação de investimentos.

Empresas como a XP:

Na verdade, a XP é uma grande corretora de câmbio e valores mobiliários. Lembra do seu pai contando que antigamente ele investia na bolsa com a ajuda de um corretor? Pois é, a XP é a versão “moderna” dessas corretoras. Tanto a XP como a Órama e outras, são corretoras que se utilizaram da alternativa de contratação de escritórios de agentes autônomos para crescer. É por isso que você vê várias empresas menores dizendo que são “representantes” da XP.

São agentes autônomos, ou seja, são empresas ou pessoas terceirizadas da corretora XP. Eles têm a capacidade de te oferecer uma grande gama de produtos de investimento, mas também recebem uma comissão para todo e qualquer investimento que você faça com eles, ou seja, são vendedores de produtos financeiros.

Uma informação importante: empresas como a XP estão proibidas por lei de fazer recomendações de carteiras de investimento para seus clientes, você sabia? Isso mesmo! Só os consultores e os gestores de investimento têm esse preparo e esta autorização legal. Essas empresas somente podem te oferecer produtos financeiros, mas você deve escolher os investimentos. Eles não podem te “recomendar” investimentos (nem são preparados para isso).

Plataformas de investimento:

As plataformas de investimento, como a Easyinvest, são apenas a versão eletrônica das corretoras, ou seja, atuam como a XP, mas apenas ou com grande foco no atendimento via internet ou celular. Também oferecem investimentos, mas não podem recomendar uma estratégia de investimento ou uma alocação.

Tesouro Direto:

O Tesouro Direto é uma iniciativa do governo para vender títulos públicos diretamente para os investidores. Você pode escolher entre títulos indexados à Taxa Selic, à inflação ou com taxas já pré-fixadas. O investimento é simples, mas não há nenhuma consultoria envolvida.

Então você pode se perguntar: como eu vou escolher entre um título indexado à inflação e um outro pré-fixado? O Tesouro Direto não vai te ajudar a responder essa questão…

Gestores Independentes:

Chegamos finalmente aos gestores independentes. São profissionais ou empresas dedicadas a desenvolver estratégias de investimento para seus clientes, levando em conta a situação particular de cada um, desde o perfil de investimento até a situação de emprego, poupança, estado civil, número de filhos e objetivos.

Alguns gestores independentes oferecem aos seus clientes apenas produtos próprios, como fundos de investimento, por exemplo. Outros, como é o caso da Sonar (com o Patrimoney), oferecem o serviço de gestão dos seus recursos onde quer que eles estejam, seja em um banco comercial, seja no Tesouro Direto ou mesmo numa corretora, como na XP.

Pense neste gestor como o gerente que defende os seus interesses, ou seja, o único interesse do gestor é o sucesso dos seus investimentos. No mercado dos Estados Unidos, por exemplo, a esmagadora maioria dos investidores conta com o auxílio de um gestor na hora de decidir seus investimentos. O custo anual varia, mas geralmente é baixo e proporcional ao valor investido.

Patrimoney:

O Patrimoney é a solução de gestão independente da Sonar para investidores que desejam recomendações financeiras continuadas, de uma forma simples, sem burocracia, de baixo custo e acessível pelo seu celular a qualquer momento.

Em relação aos outros participantes do mercado, como explicado acima, o Patrimoney se utiliza de todas as alternativas disponíveis: bancos, corretoras, plataformas de investimento, Tesouro Direto… e quando nenhum desses tem o produto que precisamos, a Sonar cria o produto para a gente. Funciona muito bem! Vale à pena conhecer!

Leave a comment