Qual a importância da taxa CDI?

Blog---Art-14---CDIblog-grande
O que é CDI?

Certificados de depósito interbancário ou CDI são títulos emitidos diariamente com o objetivo de captação de dinheiro pelos bancos. Todos os dias, os bancos realizam transações entre si, mas se acontecer de um banco ficar com caixa negativo no dia, poderá tomar dinheiro emprestado através do CDI para que possa pagar essa dívida.

A taxa CDI é calculada a partir da média das taxas que ocorreram nessas transações entre os bancos.

Relação CDI e SELIC.

A Taxa SELIC é a taxa de juros definida pelo Banco Central durante as reuniões do COPOM (Comitê de Política Monetária), como sendo a taxa ideal para o controle da inflação. Ela é implementada na prática através das negociações de títulos do Governo Brasileiro com os diversos participantes do mercado. A taxa DI e a SELIC andam juntas, pois um banco ao ter sua sobra de caixa no dia, escolhe emprestar aos outros bancos ou ao Governo Federal. Por exemplo, se a SELIC se encontra mais elevada, os bancos podem pegar dinheiro emprestado à taxa CDI para comprar títulos atrelados à SELIC. Os bancos, ao efetuarem essa transação, fazem com que a margem entre a SELIC e CDI diminua, quase igualando as taxas.

O que é uma taxa considerada livre de risco?

Devido à importância do CDI e ao fato de ser referência para investimentos de renda fixa, com o passar do tempo começou a ser considerada uma taxa livre de risco. Logo, é a remuneração mínima que um investimento deve render para ser considerado bom.

Esse é um dos motivos que a maioria dos fundos de investimento tem seu benchmark a CDI. O outro motivo é que essa taxa acompanha a “taxa de mercado”, que é a taxa SELIC. Mas o que isso significa? Significa que o investidor estará sendo remunerado por uma taxa alinhada com as demais taxas de mercado, independente dela subir ou cair por questões macroeconômicas, ou seja, o investidor estará ganhando uma taxa apropriada para aquele momento da economia brasileira.

Mas o que influencia em meus investimentos?

Você já deve ter visto em algum site de banco ou propaganda de uma corretora dizendo “certo investimento rende X% da CDI ”. Isso quer dizer que o investimento tem esse percentual de rentabilidade atrelado à CDI. Logo, se há uma valorização dessa taxa, seus investimentos também renderão mais. Os principais investimentos que normalmente têm seu retorno atrelado a essa taxa são os de renda fixa, como por exemplo CDB, LCA, LCI, fundos de Renda Fixa ou fundos DI. Portanto, nos momentos em que sua expectativa for de estabilidade ou de elevação da taxa SELIC, você deverá buscar investir em algum desses produtos financeiros, pois se a SELIC subir, o CDI sobe e você ganhará mais reais na sua aplicação.

Comments (6)

Dionísio Degrandi

Quero aprender como se faz para aprender a lidar com isso.

patrimoney

Olá, Dionísio. Tudo bem? A taxa de cdi é a referência de um bom rendimento do mercado. Com ela, podemos medir se a carteira está rendendo bem ou mal

jaques

Para ter uma rentabilidade ideal o investimento deve ser 100 % do CDI.

jaques

Gostei das respostas estão bem sucintas e explícitas.

Toto

Temos algum risco de perde o dinheiro?
Qual é o mínimo de prazo p ficar

patrimoney

Prezado Toto,

Obrigado pela pergunta. As aplicações atreladas ao CDI não apresentam o chamado “risco de mercado” que é o risco do ativo cair de preço. Em outras palavras uma aplicação que rende, por exemplo, 110% do CDI nunca vai cair de preço. Entretanto o investidor deve verificar quem é o pagador da operação para ver se ele terá condições de pagar. Por exemplo: você aplica num CDB do Banco Bradesco que rende 105% do CDI. O preço não cai, porque o CDI só rende positivo, mas e se o Banco Bradesco quebrar? Aí você perde todo o dinheiro. Esse é o chamado “risco de crédito”. Neste exemplo você sabe que a chance do Banco Bradesco quebrar é mínima, mas cada emissor tem seu risco e isso tem que ser levado em conta antes de se fazer o investimento. Definir essa equação Risco/Retorno é uma das funções do Patrimoney para te ajudar a investir bem e com mais segurança.

Quanto ao prazo mínimo para ficar numa aplicação atrelada ao CDI ele também varia caso a caso. Há vários fundos que você pode pedir resgate o dia que quiser: você pode ficar aplicado 1 dia, 87 dias 1340 dias…. enfim o tempo que quiser. Há outras aplicações em que seu dinheiro fica “preso” 30 dias, 1 ano ou mais! Esse é outro aspecto que o Patrimoney avalia ao te recomendar um investimento.

Esperamos ter esclarecido os pontos que você pediu.

Grande abraço,

Leave a comment