Poupança é o melhor investimento para mim?

Poupança é o melhor investimento para mim?

Você sabe o que é uma poupança?

A caderneta de poupança se popularizou como o principal investimento financeiro feito pelos brasileiros. De acordo com o Banco Central, só no mês de setembro o saldo de aplicação na caderneta de poupança foi de 775,8 Bilhões. Segundo Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), cerca de 84% das pessoas que possuem recursos investidos alocam suas reservas nesse investimento. Muitos são os motivos dessa escolha: a segurança de ter o capital e rentabilidade garantida, a baixa oscilação da rentabilidade, a facilidade de aplicação de qualquer valor, e principalmente por ser um investimento conhecido por todos. Mas a caderneta de poupança de fato é o investimento mais adequado para a maioria das pessoas? É o investimento mais seguro do mercado? Será que não existem outras opções de investimentos mais rentáveis e com a mesma facilidade de resgate rápido? A resposta para todas essas perguntas pode ser resumida em uma única frase: poupança é um dos piores investimentos do mercado.


E qual é o rendimento?

Uma aplicação na caderneta de poupança hoje rende 70% da taxa SELIC (taxa que o governo remunera seus títulos pós fixados) mais TR (que hoje é quase zero). Importante lembrar que a poupança é isenta de imposto de renda para pessoas físicas. Por outro lado, a poupança tem uma desvantagem que poucos se lembram: se você resgatar antes do “aniversário” você perde todo o rendimento desde o último “aniversário”.


Segurança

A segurança da caderneta da poupança é o Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Dessa forma, a poupança e outros títulos de crédito de renda fixa emitidos por bancos são garantidos até o limite de R$ 250.000, por por CPF em cada instituição financeira.


Certo... e as outras opções de investir?

Outros Investimentos, como as Letras de Crédito imobiliário (LCI) e Letras de Crédito Agrícolas (LCA), também são garantidos pelo FGC e possuem isenção de imposto de renda como a poupança. Comumente são encontradas nas distribuidoras de valores com prazos baixos de carência para resgate e rentabilidades acima de 85% da taxa CDI - o CDI é a taxa utilizada para referenciar a rentabilidade dos investimentos de renda fixa emitida por bancos, normalmente é alguns décimos abaixo da taxa Selic. Como a Selic está abaixo de 8,5% ao ano, a caderneta de poupança teria sua rentabilidade em 70% da Selic. Dessa forma, superando a caderneta de poupança.


Se você é investidor e tiver mais tempo para deixar suas reservas aplicadas, poderá escolher os chamados Certificados de depósitos bancários (CDBs), que também possuem garantia do FGC, que normalmente para prazos acima de dois anos possuem maior rentabilidade em relação as LCIs e LCAs. É comum encontrar nas distribuidoras de valores CDBs pagando por volta de 110% do CDI. Porém, nessas aplicações incide imposto de renda, começando com alíquota em 22,5% para aplicações de até 6 meses e cai 2,5% a cada seis meses, até o limite de 15% para aplicações acima de dois anos. Descontando o imposto de renda nos CDBs de dois anos, na alíquota de 15%, a rentabilidade liquida cairia para 93% do CDI, superando a rentabilidade das LCIs e LCAs e consequentemente a da caderneta de poupança.


Para substituir a poupança, ainda existem os títulos do Governo, que possuem rentabilidade superior e a garantia do Risco Soberano. Um título comparável do Governo é o tesouro Selic, que remunera 100% da taxa Selic. Como a poupança rentabiliza 70% da Selic, líquidos de imposto de renda, o tesouro Selic ainda fica com rentabilidade superior a caderneta.

Vamos analisar:

Caderneta de Poupança:

  • Rentabilidade Bruta de IR: 70% CDI
  • Rentabilidade    Líquida de IR: 70% CDI
  • Resgate: Só no aniversário mantém rendimento

CDBs, Tesouro SELIC:

  • Rentabilidade Bruta de IR: 100% CDI
  • Rentabilidade    Líquida de IR: 85% CDI
  • Resgate: Só no vencimento

LAC, LCI:

  • Rentabilidade Bruta de IR: 82% CDI
  • Rentabilidade    Líquida de IR: 82% CDI
  • Resgate: Só no vencimento

Fundos DI:

  • Rentabilidade Bruta de IR: 100% CDI
  • Rentabilidade    Líquida de IR: 85% CDI
  • Resgate: Diário


E o que seria melhor então?

Mas a melhor alternativa seria um fundo de investimento DI! Você pode procurar por um fundo que exija aplicação mínima compatível com o valor que você tem para aplicar. A vantagem é que você pode resgatar a qualquer momento, sem perder a rentabilidade!

Ainda que existam investimentos mais rentáveis que a poupança e que possuem a mesma ou maior segurança, quando ela é indicada? Somente para aplicações muito baixas: R$ 10, R$ 30, etc. Porém, se o objetivo for juntar dinheiro para este rentabilizar, a caderneta de poupança não é o investimento indicado. 


E você, já conhece o Patrimoney?

Cadastre-se aqui no site e receba conteúdos esclarecedores sobre investimentos.


Gostou? Avalie este conteúdo:

Vamos Começar

É super simples e você não paga nada para se cadastrar.

Pode se cadastrar pelo site
Começar
ou pelo app

Comentários