Investidor qualificado, deveria me tornar um?

Investidor qualificado, deveria me tornar um?

O que é um investidor qualificado

De acordo com a Instrução nº  554 de 2014  da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), investidores qualificados são pessoas físicas ou jurídicas que atestam que possuem, no mínimo, 1 milhão de reais em investimentos financeiros. Essa regra foi criada para maior proteção dos investidores comuns, evitando que os mesmos tenham acesso a investimentos mais complexos e que poderiam causar maiores perdas. Segundo a reguladora, essa regra parte do princípio de que as pessoas que possuem 1 milhão investidos, geralmente possuem maior experiência com suas aplicações ou tem acesso a prestadores de serviços, como consultorias de investimento que os ajudariam na escolha dos melhores produtos financeiros.


Mas e se não tenho $ 1 milhão, o que devo fazer?

O segredo para quem não tem todo esse dinheiro para investir é contar com a ajuda de um gestor profissional ou estudar para adquirir um maior conhecimento de mercados financeiros. Segundo a CVM, pessoas que  têm qualificações técnicas ou possua certificações aprovadas também podem ser consideradas investidores qualificados.  Alguns exemplos são os requisitos para o registro de agentes autônomos de investimento, administradores de carteira e analistas e consultores de valores mobiliários ao investirem seus  próprios recursos.

Para obter o atestado de que possui qualificações técnicas, é necessária a aprovação em algum dos seguintes exames:

  • Módulos I e II do programa de Certificação de Gestores da ANBIMA – CGA que é organizado pela Anbima;
  • Level III do programa de certificação Chartered Financial Analyst – CFA;
  • Exame 1 e Exame 2 do “Final Level” do programa de certificação internacional para profissionais de investimentos organizado por qualquer um dos membros da ACIIA - Association of Certified International Investment Analysts;
  • Agente Autônomo de Investimentos da Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias;
  • Analista de Valores Mobiliários CNPI – Programa de Certificação Nacional.

Esses exames exigem que o candidato possua um amplo conhecimento do sistema financeiro e suas especificidades, bem como das formas de proteção (hedges), além de derivativos, entre eles, mercado futuro e contrato de opção.


Existe diferença entre investidor qualificado e profissional?

O investidor profissional é a pessoa física ou jurídica que possui mais de R$ 10.000.000,00 (dez milhões) de reais em investimentos aplicados no mercado financeiro e que ateste essa condição por escrito. Investidores profissionais são considerados também qualificados. O investidor profissional tem acesso a qualquer tipo de investimento, mesmo os mais complexos e de maiores riscos. Também pode ser considerado como investidor profissional:

  • Instituições financeiras autorizadas pelo BACEN (Banco Central);
  • Seguradoras e sociedades de capitalização;
  • Fundos de pensão;
  • Fundos de investimento;
  • Clubes de investimento que tenham carteira gerida por um administrador de carteiras de valores mobiliários autorizado pela CVM;
  • Agentes autônomos de investimento, administradores de carteira, analistas e consultores de valores mobiliários autorizados pela CVM, que movimentem capital próprio;
  • Investidores não residentes (pessoas físicas ou jurídicas, fundos, entre outras entidades de investimento que tem sede fora do Brasil).


Vantagens X riscos

Como já foi mencionado anteriormente, os investidores qualificados têm acesso a um número maior de investimentos com um maior potencial de retorno. Mas essa enorme gama de produtos financeiros pode trazer altos riscos, devido a maior exposição a estruturas mais complexas, além de não terem avisos e recomendações quando estão na iminência de comprar títulos.


Patrimoney

Se deseja a ajuda de uma equipe de gestores profissionais, sem precisar sair do conforto de sua casa, cadastre-se em nosso site ou baixe o app do Patrimoney.

Gostou? Avalie este conteúdo:

Vamos Começar

É super simples e você não paga nada para se cadastrar.

Pode se cadastrar pelo site
Começar
ou pelo app

Comentários